sábado, 10 de setembro de 2011

Te esquecer


Flores deixadas no jardim,
jogadas ao chão,
sem qualquer razão,
um momento ruim.

És relutante em aceitar,
que na vida tudo pode mudar,
a vida é inconstante,
as coisas mudam a todo instante.

As flores ao chão,
elas eram demonstração de sentimento,
destruídas por você neste breve momento,
sem qualquer explicação.

Ao menos uma pequena flor eu salvei,
a mais bela e cheirosa que eu achei,
que a tanto estava a cuidar,
essa delicada flor me faz de ti lembrar.

Por mais estranho que possa ser,
tu és hoje a pessoa que quer me esquecer,
mas sei que ainda irá perceber,
que não faz sentido o que estais a fazer.

E verá que cada amanhecer,
não surgirá com o mesmo brilho para você,
só assim irá realmente reconhecer,
que também não conseguirá me esquecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário