segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Amor oculto


Subterfúgios de uma vida,
artifícios do amor,
é saudade reprimida,
lembranças do que não se passou.

Este amor está oculto,
o tempo irá revelar,
que não é subproduto,
mas verdadeiramente é fruto do amar.

Talvez não seja a hora,
tão pouco o lugar,
mas sei que não demora,
em breve irei encontrar.

O amor que ora oculto,
está por se mostrar,
pois a cada minuto,
está por se aproximar.

Pois a vida passa lá fora,
enquanto um alguém chora,
vivendo a contar as horas,
só para te encontrar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário