domingo, 28 de agosto de 2011

Magoas


Magoas do passado,
feito ondas que vão e que vem,
lágrimas deixadas por todos,
no lugar distante muito além.

Lágrimas cristalinas,
com leve gosto de sal,
a vida nos ensina,
a nos enxergar de modo especial.

Magoa-me por prazer,
talvez para se proteger,
com medo de ganhar,
simplesmente põe tudo a perder.

 Mas além dessas ondas em alto mar,
há um bom lugar para navegar,
pois no passado essas magoas vão ficar,
desde que se permita perdoar.

O que está no passado ficará,
as lágrimas que deixarei cair,
de agora em diante sei que saberás,
que será de alegria ao ver te sorrir.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Não mais


Não mais precisarei procurar,
pois já encontrei em teu olhar,
não sei se é ilusão,
mas parece ser eterna paixão.

Dois mundos tão diferentes,
seria algo tão anormal,
nessa luta divergente,
existente entre o bem e o mal.

Que venhamos se esbarrar em um ponto incomum,
sem explicação ou motivo algum,
impossível descrever,
o que a vida pode trazer.

Gravado na memória está,
e o tempo jamais apagará,
o que encontrei em teu olhar,
jamais conseguiram copiar.

Sem ao menos uma palavra dizer,
foi capaz de me convencer,
que nunca na vida poderei conhecer,
um outro alguém tão especial quanto você.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

A declaração


Tudo permanece igual,
mas há algo diferente,
não sei se é normal,
como me sinto na sua frente.

Faço o impossível para te encontrar,
mas na sua frente desvias o olhar,
enquanto fico a te admirar,
esperando que o tempo possa parar.

E para sempre esse momento eternizar,
conheço todos os seus planos,
vivenciei os seus desenganos,
e fico a te esperar.

Talvez erroneamente esteja a sonhar,
que o impossível possa se realizar,
que por um instante possa me olhar,
e que compreendas que sempre vou estar.

Sempre na mesma hora,
e no mesmo lugar,
vendo que tu choras,
por quem nunca soube te amar.

Tu és como o sol que se põe brilhar,
e as estrelas ao céu a enfeitar,
tu és a razão minha vida mesmo sem notar,
mesmo que em segredo permanecerei a te amar.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

A amizade


Não temo o que está por vir,
pois sei que estas aqui,
mostrou-me que posso ser forte,
somos nós que fazemos a nossa sorte.

Sua amizade mudou meu mundo,
tudo mudou naquele segundo,
amizade que cresce mais e mais,
a certeza que tenho que não te esquecerei jamais.

É seu o ombro amigo com que posso contar,
nas horas tristes e felizes sempre estas lá,
faze-me rir, quando quero chorar,
sabe o que dizer, quando não quero mais falar.

Conhece-me bem melhor do que eu,
tu és o anjo enviado por Deus,
unidos pela amizade você e eu,
se por um momento você se esqueceu.

Saiba que algo de bom que me aconteceu,
o auge, pois bem o apogeu,
foi quando em minha vida você apareceu,
e a honra de ter sua amizade me concedeu.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

A amiga

Não sei o que lhe dizer,
pois faltam elogios para lhe exemplificar,
não há como descrever,
tu és uma pessoa para se admirar.

Vós não sois só a minha irmã,
vós sois também a minha melhor amiga,
saibas que tu és uma pessoa que guardarei,
simploriamente por toda a vida.

Mostra-se às vezes super protetora,
talvez seja isto que a torna,
essa pessoa tão encantadora,possuis beleza de todas as formas.

Seus defeitos e qualidades entrelaçam se entre si,
tu és uma excelente influência frente a mim,
saibas que cada vez mais gosto de ti,
venho parabenizar neste instante a ti.

Espero que saibas que adoro ver-te sorrir,
saiba que és muito importante para mim,
desejo eternamente muitas felicidades para ti,
saibas que sois uma das principais razões de meu existir.

domingo, 14 de agosto de 2011

Pai


Sigo aos passos teus,
buscando o caminho meu.

Tenho no meu ser,
características pertencentes a você.

Seja o modo de falar,
ou o jeito de me portar.

Não reclamo, pois já sei,
com quem sempre me assemelharei.

Tu és em minha vida um pilar importante,
não só hoje, mas em todo o instante.

Não sei aonde irei chegar,
ou como irei alcançar.

Mas sei que para sempre,
contigo poderei contar.

Pois não são necessárias palavras para expressar,
o que se pode dizer só no olhar.

sábado, 13 de agosto de 2011

Na recordação


Na recordação recorrente,
feito as águas do mar,
seguindo a corrente,
as lembranças que está por esperar.

Saudade bate forte sem pensar,
por mais que tente não dá para negar,
são marcas que para sempre se levará,
cravadas na alma em seu devido lugar.

Sendo moldadas a cada dia,
temendo o medo que sentiria,
o medo de perder,
quem tanto se queria ter.

Ser fraco não é tentar e perder,
ser franco é deixar de lutar,
pelo medo de vencer,
não há como ao certo explicar.

São como as cartas que foram escritas,
e que jamais foram lidas,
é simplesmente como a vida,
que jamais foi vivida.

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Dos olhos tristes


Dos olhos tristes a regar o jardim,
simbolizando a história que teve seu fim,
eis que surge uma flor,
regada pelas lagrimas do seu amor.

Mostrando a ti que podes mais,
que as lagrimas derramadas jamais,
serão em vão,
enquanto existir amor no seu coração.

Se tu choras por um amor,
que inegavelmente acabou,
preste bastante atenção ao que restou,
seu coração livre para o verdadeiro amor.

Se o mundo as costas lhe virar,
saiba que sempre surgira,
sempre um alguém para lhe guiar,
as coisas nem sempre ficam no mesmo lugar.

Pois o mundo se põe a girar,
e as lagrimas sinceras podem fazer brotar,
em ti e em um alguém em determinado lugar,
a semente que em ambos até então estava a secar.