quinta-feira, 23 de junho de 2011

Radiante Ser

Além do horizonte,
no clarão do alvorecer.

Eis que surge sobre o monte,
um radiante ser.

Que uma luz traz,
e que minha alma refaz.

Entorno de sua redoma,
nada se subtrai só se soma.

Sua presença acalma,
no acolhimento da alma.

Sua voz afaga,
e entre nós se propaga.

Quem é esse grandioso ser,
não hei de vós dizer.

Ele em tudo se mostra,
sempre junto a nós está.

No clarão da aurora,
o que foi sonho outrora.

Agora está a vos seguir,
e sempre vós guiais.

Não importando aonde ides,
ele sempre vós conduzireis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário