domingo, 26 de junho de 2011

O amar


Assim como um pássaro,
que não sabe voar.

Ou uma semente,
que não consegue brotar.

Até mesmo uma mente,
que não tenta sonhar.

São como o ser humano,
que não se permite amar.

O amar é um presente,
que devemos aceitar.

Dado incondicionalmente,
a quem tenta amar.

Todos os pássaros,
merecer voar.

Todas as sementes,
podem brotar.

A mente é e sempre será.
uma máquina de sonhar.

E nós seres humanos,
uma das poucas criaturas.

Capazes de raciocinar,
e realmente saber o que é o amar.

Sabemos como voar, como plantar,
e a semente do amor está no acreditar em seu sonhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário