quarta-feira, 22 de junho de 2011

Matemática da Vida


Na matemática da vida,
muitas são as equações perdidas.

A busca por algoritmos singulares,
que geram resultados peculiares.

Na vida somamos conhecimentos,
dividimos  pensamentos.

Resolvemos problemas,
equacionamos dilemas.

Por vezes racionalizamos demais os sentimentos,
enquanto deveríamos viver os momentos.

A vida é uma incógnita a desvendar,
nessa vida o algoritmo é você.

Que nessa equação pode,
fazer ela somar ou subtrair.

Multiplicar ou dividir,
depende das escolhas que vamos fazer.

A vida é uma equação inconstante,
cuja as quais nossas escolhas geram mutações constantes

No resultado final que um dia,
chegaremos a obter.

Você nesta grande conta,
temos o poder para a diferença fazer.

Um comentário:

  1. Realmente d+d+d+d+...
    Este poema, criado com os temas da matemática, muito bem aplicado !!!
    Adorei!
    Parabéns.*--*

    ResponderExcluir